A Condessa de Assis – TOMO I – da Ascensão ao Apogeu

Rio de Janeiro. Século XIX.

Lorena Duarte Valão é uma jovem de extraordinária beleza e cheia de ideais romanescos que deseja a qualquer preço ascender socialmente. No grande baile do Cassino Fluminense, após reencontrar-se com o galanteador Rafael Abrantes, nasce uma paixão que acabará por consumir essa ambiciosa arrivista no intuito de conquistá-lo. Porém, o que a moça não contava, é que o aristocrata Atílio Santiago, o Conde de Assis, está perdidamente apaixonado por ela, formando um intrigante triângulo amoroso que mudará radicalmente a vida de todos os envolvidos.

Após entregar-se a Rafael e ser por ele desprezada, Lorena iniciará um plano de vingança para destruir o homem que a rechaçou, nem que para isso ela tenha que mentir, trair ou até mesmo matar…

Categoria

Descrição

Rio de Janeiro. Século XIX.

Lorena Duarte Valão é uma jovem de extraordinária beleza e cheia de ideais romanescos que deseja a qualquer preço ascender socialmente. No grande baile do Cassino Fluminense, após reencontrar-se com o galanteador Rafael Abrantes, nasce uma paixão que acabará por consumir essa ambiciosa arrivista no intuito de conquistá-lo. Porém, o que a moça não contava, é que o aristocrata Atílio Santiago, o Conde de Assis, está perdidamente apaixonado por ela, formando um intrigante triângulo amoroso que mudará radicalmente a vida de todos os envolvidos.

Após entregar-se a Rafael e ser por ele desprezada, Lorena iniciará um plano de vingança para destruir o homem que a rechaçou, nem que para isso ela tenha que mentir, trair ou até mesmo matar…

Sobre o autor

João Paulo Foschi é cearense, nascido em 20 de junho de 1980. Possui formação em Pedagogia e em Letras/Francês pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Participou de várias antologias poéticas, entre elas: Nossa História, Nossos Autores (2012), Livro de Ouro da Poesia Brasileira Contemporânea (2012), Os Mais Belos Poemas de Amor (2012), Versos Repletos na Noite Vazia (2013), Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos – Vol.101 (2013) e Amor. Viva Esse Espetáculo (2013). Desde adolescente, era um ávido leitor dos clássicos da literatura brasileira e portuguesa, entre os quais cita os romancistas José de Alencar, Machado de Assis, Bernardo Guimarães, Lima Barreto, Eça de Queirós e Júlio Diniz, que inegavelmente o influenciaram para compor esta que é a sua primeira narrativa de ficção.

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.